6/25/2009

Alguém me escuta?

por Fábio Rodrigo |



Não sei se ainda tenho o que falar.. E o pior, ainda não sei se tenho quem me ouça...
A internet as vezes se torna obscura. É como se falassemos dentro de uma caixa sem portas nem janelas. Mas a vida é assim as vezes, nos prendemos em gaiolas invisíveis, intransponíveis e tornamos nossas vidas inviáveis.

Fiquei um bom tempo afastado das minhas escritas cibernéticas e da minah vida digital... Resolvi cuidar um pouco da minha vida real. Não, eu não irei casar ainda... [risos]... Apenas me contento em cuidar do meu lado profissional. Ainda não está da forma a me trazer grandes alegrias e muita tranquilidade, mas podemos dizer que estou feliz.

Sim, eu estou feliz, e isso me faz querer fazer muitas coisas. Ter uma vida ativa, ter uma vida social, ter uma vida digitial.... Estar em contato com o mundo de diversas formas, fazer o mundo me escutar... Sei que o que falo, muita coisa parece não fazer sentido ou não importa a quem leia...

Gostaria de ter um estilo, de seguir um padrão, mas que graça teria se tudo se baseasse em padrões? Que graça teria se o mundo fosse abóbora ou sépia, melhor que não seja nem azul petróleo, nem coberto de ladrilhos. Espero que a minha vida e meu texto não sejam como uma calçada de pedrinhas portuguesas, e sim uma longa e sinuosa estrada de chão, pronta pra registrar pegadas difrentes do mesmo pé...

Aceito sugestões, aceito críticas e elogios... Acima de tudo, espero que alguém me escute...

4 comentários:

Nanny disse...

Estranho, sinto como se estivesse me deparando comigo mesma... acho que me identifiquei com o que foi escrito...
As vezes me sinto vazia, como se faltasse algo que não sei o que é.
Acho que faz parte de todos nós, criarmos uma "vida ideal", nos desligando da realidade.
Se quiser alguém que te ouça... estou aqui, tá? me coloco a disposição...

beijinhos!

Anônimo disse...

adorei!

Blue disse...

Mundo e vida virtual é assim mesmo. Vive-se intensamente, desliga-se e tempos depois ligamos a máquina novamente. Ou não.
Abraços

Viiii disse...

Ahh, excelente texto. E é bem verdade que nós blogueiros vez ou outra sentimos a mesma coisa e este cantinho acaba se tornando um refúgio ou às vezes um outro mundo onde podemos fazer novos contatos e mais que isso, somos valorizados não por ser bonito ou ser feio, alto ou baixo, gordo ou magro, apenas pelo que nós escrevemos e que geralmente transmite um pouco do que realmente somos!

Boa semana e bom 2010! Acho que vou passar por aqui mais vezes de agora em diante!

Subscribe